quarta-feira, 7 de junho de 2017 0 comentários
Resultado de imagem para boas férias
domingo, 4 de junho de 2017 0 comentários

Em jeito de despedida :)

segunda-feira, 29 de maio de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #31

quarta-feira, 24 de maio de 2017 0 comentários
Imagem relacionada
segunda-feira, 22 de maio de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #30

quinta-feira, 18 de maio de 2017 0 comentários

segunda-feira, 15 de maio de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #29

0 comentários

Matriz para o teste

Para veres a matriz do próximo teste, clica aqui.

Bons estudos!

Imagem relacionada
sexta-feira, 12 de maio de 2017 0 comentários

Níveis de desempenho da nova matéria


1. Identificar no mundo comunista a existência de um modelo dominante (o soviético) e de modelos alternativos, exemplificando com o modelo maoísta chinês. 
2. Indicar situações de intervenção da União Soviética em países da sua “zona de influência” com o objetivo de manter os regimes vigentes. 
3. Sintetizar os principais problemas políticos, económicos e sociais do “Bloco Soviético”. 
4. Relacionar as profundas alterações introduzidas pelas “perestroika” e “glasnost” de Mikhail Gorbachev com o colapso do bloco socialista e a desintegração da URSS.
segunda-feira, 8 de maio de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #28

sábado, 6 de maio de 2017 0 comentários
Resultado de imagem para 25 de abril esquema
segunda-feira, 1 de maio de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #27

sexta-feira, 28 de abril de 2017 0 comentários

segunda-feira, 24 de abril de 2017 0 comentários

25 de Abril é já amanhã...

sexta-feira, 21 de abril de 2017 0 comentários

Níveis de desempenho da nova matéria

1. Explicar as características fundamentais do “Estado-Providência”.
2. Enunciar fatores da hegemonia económica, tecnológica e cultural americana.
3. Justificar o “milagre japonês” a partir da década de 50 do século XX.
4. Descrever sucintamente as principais etapas do nascimento e expansão dos processos de integração da Europa ocidental.
5. Referir a intensificação do processo de terciarização, urbanização e crescimento das classes médias, apesar da manutenção de desigualdades sociais.
6. Reconhecer o aumento da importância dos jovens na sociedade, nomeadamente através dos hábitos de consumo e das estruturas associativas estudantis.
7. Referir a crescente importância de expressões artísticas de vanguarda, de hábitos de consumo cultural de massas e de movimentos de contestação cultural e político-ideológica.
8. Referir as consequências das “crises petrolíferas” nos países capitalistas (desenvolvidos e subdesenvolvidos) e nos países comunistas.
9. Referir a substituição do modelo keynesiano pelo modelo monetarista e a introdução das primeiras medidas neoliberais em países capitalistas desenvolvidos (EUA e Reino Unido).
10. Confrontar os princípios básicos do “Estado-Providência” com os do “Estado Neoliberal”.
segunda-feira, 10 de abril de 2017 0 comentários

Música para as férias

quarta-feira, 5 de abril de 2017 0 comentários

segunda-feira, 3 de abril de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #26

sexta-feira, 31 de março de 2017 0 comentários

segunda-feira, 27 de março de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #25

quinta-feira, 23 de março de 2017 0 comentários

segunda-feira, 20 de março de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #24

quarta-feira, 15 de março de 2017 0 comentários


segunda-feira, 13 de março de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #23

sexta-feira, 10 de março de 2017 0 comentários

Níveis de desempenho da nova matéria



1. Identificar os fatores de crescimento do anticolonialismo no após-guerra.

2. Relacionar o apoio dos EUA e da URSS à descolonização com as tentativas de alargamento das respetivas áreas de influência.

3. Reconhecer as vagas de descolonização da Ásia/Pacífico, do Médio Oriente, do Norte de África e da África Negra como resultado de um processo que se prolongou até à década de 70 do século XX.

4. Explicar o surgimento do Movimento dos Países Não Alinhados, salientando a reivindicação de uma nova ordem económica internacional.

5. Relacionar os problemas dos países do Terceiro Mundo com a dominação neocolonial e com os seus próprios bloqueios.

6. Identificar as alterações introduzidas na política colonial do Estado Novo face ao processo de descolonização do após-guerra e ao aumento da pressão internacional.
7. Relacionar a recusa da descolonização dos territórios não autónomos com o surgimento de movimentos de libertação, com a invasão do “Estado Português da Índia” e com o eclodir das três frentes da Guerra Colonial.

8. Explicar o relativo isolamento internacional de Portugal nas décadas de 60 e 70.

9. Avaliar os efeitos humanos e económicos da Guerra Colonial na metrópole e nas colónias.

10. Relacionar o atraso do mundo rural português com o intenso movimento migratório para as grandes áreas urbanas nas décadas de 50 e 60.

11. Identificar os motivos da intensa emigração verificada nas décadas de 60 e inícios de 70.

12. Indicar os efeitos dos movimentos migratórios na realidade portuguesa.

13. Caracterizar o marcelismo enquanto projeto político que recusou a democratização e a descolonização mas que, ao mesmo tempo, concretizou políticas de modernização económico-social e educativa.

14. Explicar as motivações do Golpe Militar do 25 de Abril de 1974.

15. Mencionar os principais acontecimentos do 25 de Abril de 1974.

16. Descrever sucintamente o processo revolucionário, salientando as divergências dos projetos políticos em confronto.

17. Identificar as consequências do processo de descolonização dos antigos territórios não autónomos.

18. Caracterizar a organização da sociedade democrática a partir da Constituição de 1976.

19. Identificar as principais transformações e problemas económicos e sociais até 1986.
segunda-feira, 6 de março de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #22

quinta-feira, 2 de março de 2017 0 comentários
Agora que o teste está perto, fica aqui a matriz.

E deixo também um teste de preparação (com soluções).

Bom estudo!!

Resultado de imagem para animais a estudar
segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #21

sábado, 25 de fevereiro de 2017 0 comentários

Boa interrupção


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017 0 comentários

Níveis de desempenho da nova matéria

A Guerra Fria
1. Explicar o acentuar da perda de influência europeia e a emergência dos EUA e da URSS como as superpotências do após-guerra.
2. Distinguir os modelos políticos e económicos dos EUA e da URSS.
3. Relacionar o antagonismo entre as duas superpotências com a formação de dois blocos político-ideológicos, militares e económicos.
4. Justificar a hegemonia económica, financeira e militar dos EUA no bloco ocidental, salientando a criação da Organização Europeia de Cooperação Económica (OECE)/do “Plano Marshall” e a formação da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).
5. Descrever a expansão do comunismo na Europa de Leste e na Ásia.
6. Caracterizar a Guerra Fria, salientando a existência de momentos de maior tensão e de momentos de relativo apaziguamento.
7. Referir sucintamente alguns dos principais conflitos da Guerra Fria
(Bloqueio de Berlim, Crise dos Mísseis em Cuba, Guerra da Coreia, Guerra do Vietname, Guerra de Angola e Guerra do Afeganistão).


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #20

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017 0 comentários

A segunda guerra mundial


domingo, 12 de fevereiro de 2017 0 comentários

O que estou ouvir #19

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017 0 comentários

Níveis de desempenho da nova matéria

A 2.ª Guerra Mundial: violência e reconstrução

1. Relacionar a política expansionista dos regimes fascistas com o eclodir da 2.ª Guerra Mundial.
2. Explicitar o rápido avanço das forças do Eixo entre 1939 e 1941, salientando os países ocupados, a resistência britânica e os países neutrais.
3. Caracterizar a Europa sob o domínio do Terceiro Reich, salientando os diversos níveis de violência exercidos nos países ocupados e as ações de resistência.
4. Explicar as razões e importância da entrada da URSS e dos EUA na 2.ª Guerra Mundial.
5. Referir sucintamente os principais acontecimentos que estiveram na origem da capitulação italiana, alemã e japonesa.
6. Referir as perdas humanas e materiais provocadas pela 2.ª Guerra Mundial.
7. Analisar os efeitos das atrocidades cometidas sobre populações civis.
8. Identificar as principais alterações provocadas no mapa político mundial.
9. Explicitar as condições impostas aos vencidos, destacando os casos alemão e japonês.
10. Referir a importância das conferências de Bretton Woods e de São Francisco.
11. Enunciar os grandes objetivos da ONU.
12. Avaliar o papel da ONU na consecução dos seus objetivos até à atualidade.


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #18

sábado, 4 de fevereiro de 2017 0 comentários

Guernica

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #17

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017 0 comentários

Foi assim...

Resultado de imagem para estado novo caricatura portugal
segunda-feira, 23 de janeiro de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #16

domingo, 22 de janeiro de 2017 0 comentários

Regimes totalitários


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #15

sábado, 14 de janeiro de 2017 0 comentários

Para recordar...

Agora que nos aproximamos da data do teste, fica aqui o link para o post da apresentação.

Para a matriz clica aqui.

E bom estudo!
Resultado de imagem para animal teaching
segunda-feira, 9 de janeiro de 2017 0 comentários

O que estou a ouvir #14

Porque faz 30 anos, porque é linda... por tudo :)
quarta-feira, 4 de janeiro de 2017 0 comentários

Níveis de desempenho da nova matéria


1. Comparar o mapa político após a 1.ª Grande Guerra com o mapa político da década de 30, localizando os principais regimes ditatoriais à escala mundial.
2. Relacionar as dificuldades económicas do após-guerra e os efeitos da Revolução Soviética com o avanço da extrema-direita e dos partidos comunistas, identificando a base social de apoio de cada um.
3. Relacionar as consequências da Grande Depressão com o crescente descrédito dos regimes demoliberais, salientando os momentos de crise económica e social como conjunturas favoráveis ao crescimento dos adeptos de propostas extremistas.
4. Descrever sucintamente a subida ao poder do Partido Nacional Fascista, em Itália, e do Partido Nacional-Socialista dos trabalhadores Alemães.
5. Caracterizar os princípios ideológicos comuns ao(s) fascismo(s).
6. Descrever as organizações e formas de enquadramento de massas e de repressão desenvolvidos pelos regimes fascistas.
7. Relacionar a consolidação dos regimes fascistas com os resultados obtidos pelas respetivas políticas económicas e sociais.
8. Caracterizar as especificidades do nazismo, destacando o seu carácter racista e genocidário.
9. Analisar as causas e consequências do racismo alemão, estacando a crença na superioridade da “raça ariana”, a criação do “espaço vital” e as vagas de perseguição antissemita que culminaram no Holocausto.
10. Referir a manutenção da instabilidade política e dos problemas financeiros nos primeiros anos da Ditadura Militar (1926-1928).

11. Descrever o processo de ascensão de António de Oliveira Salazar no seio da Ditadura Militar (1928-1933).
12. Comparar as características do Estado Novo com as características dos regimes ditatoriais italiano e alemão, destacando as suas semelhanças e diferenças.
13. Caracterizar as organizações repressivas e os mecanismos de controlo da população criados pelo Estado Novo.
14. Caracterizar o “regime de terror” instituído por Estaline na URSS entre 1927 e 1953, salientando a adoção de fortes medidas repressivas.
15. Caracterizar a política económica seguida por Estaline, salientando a coletivização dos meios de produção e a planificação da economia.
16. Avaliar a política estalinista em termos de eficácia económica e de custos sociais.
17. Distinguir estalinismo de fascismo, salientando a existência de formas semelhantes de atuação em regimes ideologicamente antagónicos.
18. Referir os resultados limitados de medidas de intervenção do Estado na economia e nas relações sociolaborais adotadas em alguns países na década de 30.

19. Integrar a Guerra Civil Espanhola (1936-1939) no contexto dos confrontos ideológicos da década de 30 do século XX.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017 0 comentários

 
;